quinta-feira, 11 de abril de 2019





Armandinho, o juiz


Foi quando o Armandinho marcou uma falta do Edil.
     Eu nem sei contar direito como foi, só sei que saiu uma briga daquelas!
     A torcida entrou na briga e todo mundo apanhou.
     Mas quem mais apanhou foi o Armandinho, que saiu todo machucado. Precisou passar iodo e botar esparadrapo.
     Aí o Armandinho enfezou:
-         Sabe do que mais? Não quero mais ser juiz. Agora eu quero é jogar, me divirto muito mais e ninguém me chama de ladrão.
      Pra falar a verdade, a turma já estava meio enjoada daquele negócio de juiz, apitando toda hora, interrompendo o jogo.
      O segundo tempo já começou sem juiz.
      Logo de saída já houve uma dificuldade.
      Olha só! Duas bolas em campo. Enquanto o nosso time, o Estrela-d’Alva, atacava pra um lado, o Passa-por-Cima atacava pro outro, com outra bola.
      Foram dois gols de uma vez.
      E pra resolver qual das duas bolas é que valia?
     
Mais de meia hora de discussão!
      Depois de jogar um tempinho, nós começamos a achar que tinha muito jogador em campo.
      Parou o jogo pra contar.
      Nós estávamos jogando com sete e o Passa-por-Cima com nove.
      Essa não!
      Pra encurtar a história, sabe quantas vezes nós paramos o jogo?
      Oito vezes! Uma vez porque tinha duas bolas.
      Uma vez porque tinha gente demais.                      
      Uma vez porque o Caloca pegou a bola com a mão e disse que não tinha pegado.
      Uma vez porque o Edil e o Barriga esqueceram que eram do mesmo time e resolveram brigar no meio do campo.
       E cada vez que o jogo parava levava um tempão para resolver o caso.
       Cada um achava que tinha razão, não queria saber de nada:
  - Não fui eu, foi o Barriga!
  - Ninguém viu, é mentira dele!
        - Foi ele que começou!
       E o jogo não ia, nem pra frente, nem pra trás.
  Foi aí que o Beto gritou:
  Também, essa droga de jogo nem tem juiz....
  Todo mundo olhou pro Armandinho.
       Armandinho fingiu que não entendeu.
 O Xande insinuou, meio sem jeito.
       É, o juiz está fazendo uma bruta falta.
       Armandinho não deu sinal de ter entendido.

(Armandinho, o juiz. Ruth Rocha. Ed. FDT)



As questões podem ser respondidas oralmente. Na última, ir anotando as respostas na lousa, para posteriormente, junto com os alunos fazer um quadro das regras para a escola ou até mesmo para a classe.

1.Por que Armandinho não queria mais ser o juiz?
2.Por que o segundo tempo já começou com confusão?Por que não conseguiam continuar o jogo?
3.Qual foi a conclusão de Xande?
4.No futebol, qual é  função de um juiz? ( Aqui é importante que o aluno perceba que a função principal é
fazer cumprir as regras)
5.Além dos esportes, em que setores da vida as regras estão presentes? Cite alguns. (Geralmente os alunos citam: casa, escola, trânsito, trabalho...)
6.Qual a importância das regras no trânsito?
7.Na sua casa, seus pais ou responsáveis determinaram alguma regra? Cite algumas delas.
8.Você acha que na escola é importante seguir as regras? Por quê?
9.Cite 3 regras que você acha ser muito importante para o bom funcionamento da NOSSA ESCOLA?
Imagem relacionada

Interpretação de texto 7º/ 8º anos Liberdade - Cecília Meireles com gabarito



(algumas das questões foram baseadas no saresp, confira o gabarito no final da postagem)
Liberdade

Deve existir nos homens um sentimento profundo que corresponde a essa palavra LIBERDADE, pois sobre ela se têm escrito poemas e hinos, a ela se têm levantado estátuas e monumentos, por ela se tem até morrido com alegria e felicidade.

Diz-se que o homem nasceu livre, que a liberdade de cada um acaba onde começa a liberdade de outrem; que onde não há liberdade não há pátria; que a morte é preferível à falta de liberdade; que renunciar à liberdade é renunciar à própria condição humana; que a liberdade é o maior bem do mundo; que a liberdade é o oposto à fatalidade e à escravidão; nossos bisavós gritavam "Liberdade, Igualdade e Fraternidade! "; nossos avós cantaram: "Ou ficar a Pátria livre/ ou morrer pelo Brasil!"; nossos pais pediam: "Liberdade! Liberdade!/ abre as asas sobre nós", e nós recordamos todos os dias que "o sol da liberdade em raios fúlgidos/ brilhou no céu da Pátria..." em certo instante.

Somos, pois, criaturas nutridas de liberdade há muito tempo, com disposições de cantá-la, amá-la, combater e certamente morrer por ela.

Ser livre como diria o famoso conselheiro... é não ser escravo; é agir segundo a nossa cabeça e o nosso coração, mesmo tendo de partir esse coração e essa cabeça para encontrar um caminho... Enfim, ser livre é ser responsável, é repudiar a condição de autômato e de teleguiado é proclamar o triunfo luminoso do espírito. (Suponho que seja isso.)
Ser livre é ir mais além: é buscar outro espaço, outras dimensões, é ampliar a órbita da vida. É não estar acorrentado. É não viver obrigatoriamente entre quatro paredes.

Por isso, os meninos atiram pedras e soltam papagaios. A pedra inocentemente vai até onde o sonho das crianças deseja ir. (As vezes, é certo, quebra alguma coisa, no seu percurso...)
Os papagaios vão pelos ares até onde os meninos de outrora (muito de outrora!...) não acreditavam que se pudesse chegar tão simplesmente, com um fio de linha e um pouco de vento!
 ...

Acontece, porém, que um menino, para empinar um papagaio, esqueceu-se da fatalidade dos fios elétricos e perdeu a vida.

E os loucos que sonharam sair de seus pavilhões, usando a fórmula do incêndio para chegarem à liberdade, morreram queimados, com o mapa da Liberdade nas mãos!
 ...

São essas coisas tristes que contornam sombriamente aquele sentimento luminoso da LIBERDADE. Para alcançá-la estamos todos os dias expostos à morte. E os tímidos preferem ficar onde estão, preferem mesmo prender melhor suas correntes e não pensar em assunto tão ingrato.

Mas os sonhadores vão para a frente, soltando seus papagaios, morrendo nos seus incêndios, como as crianças e os loucos. E cantando aqueles hinos, que falam de asas, de raios fúlgidos linguagem de seus antepassados, estranha linguagem humana, nestes andaimes dos
construtores de Babel...

(MEIRELES, Cecília. Escolha o seu sonho:crônicas Editora Record  Rio de Janeiro, 2002, pág. 07.)


Após ler atentamente o texto, responda as questões de 1 a 10: 


1.De qual livro foi retirado o texto Liberdade? ___________________________



De quem é a autoria? ________________________________



(Nas questões 2 a 7, assinale a alternativa correta)

2.O texto afirma que
(A) a escravidão depende das escolhas das pessoas.
(B) a liberdade de um acaba onde começa a liberdade de outrem.
(C) as criaturas combatem a liberdade com entusiasmo juvenil.
(D) os sentimentos sombrios deslumbram a liberdade.

3O resultado de ser livre é
(A) ampliar a órbita da vida.
(B) cantar a liberdade como nossos avós.
(C) viver sem sonhar.
(D) viver sem qualquer obrigação.

4A liberdade é tão fundamental ao homem que
(A) certamente se prefere a morte à liberdade.
(B) com liberdade tudo se consegue na vida.
(C) onde não há liberdade não há pátria.
(D) sem liberdade não se constrói coisa alguma.

5Em “Ser livre é ser responsável, é repudiar a condição deautômato e de teleguiado (...)"

os termos destacados se referem a pessoas que


(A) comportam-se de forma imprevisível.
(B) desobedem às regras e às convenções.
(C) fazem só o que os outros lhes determinam.
(D) sabem muito bem o que devem realizar.

6No segundo parágrafo do texto, entende-se que a Liberdade é
modernos.

(A) a inspiração para cantos antigos e
(B) o bem mais precioso do homem.
(C) um bem esquecido por nossos parentes.
(D) uma luta que, às vezes, vale a pena travar.

07A questão central tratada no texto é

(A) a emoção dos antepassados.
(B) a felicidade das pessoas
(C) a liberdade humana.
(D)o combate à escravidão.

8.Qual o significado da palavra liberdade para você?

9.Você acha que  o Brasil, atualmente, é uma nação livre? Justifique sua resposta?

10.Releia: “Ser livre é não ser escravo; é agir segundo a nossa cabeça e o nosso coração, mesmo tendo de partir esse coração e essa cabeça para encontrar um caminho” (4º parágrafo). Como você compreende  esse trecho?

Gabarito:

1.Escolha seu sonho. Cecília Meireles(O aluno deve saber encontrar as informações sobre o texto, ver que estão logo abaixo e que o sobrenome na bibliografia vem primeiro, que o nome do livro geralmente aparece em itálico...)
2 B, 3 A, 4 C, 5 C, 6 B, 7 C
8, 9 e 10 – respostas pessoais.

Sitio do pica pau Amarelo.

Resultado de imagem para imagem de rosas

Produção de texto

Resultado de imagem para imagem de rosas
Resultado de imagem para imagem de rosas


TEXTO 1
O HOMEM FAZ O CLIMA. E FAZ MAL

A interferência do homem no meio ambiente pode acelerar em milhares de anos os processos naturais de mudanças climáticas e trazer graves consequências à vida na Terra. O consumo desenfreado e a explosão demográfica têm sido fatores de forte influência entre as atividades humanas.
Em consequência, fenômenos como a elevação da taxa de emissão de gás carbônico (CO2) na atmosfera podem atingir picos incontroláveis em poucas décadas, sem que a vida na Terra consiga se adaptar. Se nada for feito, daqui a um século poderemos viver num ambiente de catástrofe.

Se a temperatura não parar de subir, daqui a cerca de 100 anos poderemos ter grandes mudanças na ocorrência de fenômenos como tormentas e furacões. A elevação do nível dos oceanos, consequência do aquecimento global, pode levar o mar a invadir parte das grandes cidades litorâneas e se misturar com fontes de água potável, como os rios que nele deságuam, salinizando-as. Águas provenientes do derretimento dos picos das montanhas geladas poderão invadir vales e cidades em seu entorno. Espécies mais sensíveis correm o risco de extinção, causando desequilíbrio nos ecossistemas e nas cadeias alimentares.
O cenário de catástrofe está desenhado. Resta ao homem fazer alguma coisa para evitar a concretização dessas profecias.
(Karen Gimenez. O homem faz o clima. E faz mal. Superinteressante, São Paulo, set. 2008.Edição especial. As 30 maiores descobertas da ciência, p. 34. Adaptado.)

Leia o texto 1 e responda:

1.Qual é o assunto do texto?

2. Segundo o texto quais são os fatores de forte influência humana no meio ambiente?

3. Ainda de acordo com o texto, o que pode ocorrer daqui há um século se a temperatura continuar subindo?

4. A finalidade desse texto é:
a) conscientizar as pessoas.                                 b)pressionar os políticos.
c) criticar o consumo desenfreado.                      d)investigar as causas do aquecimento global.

5. Assinale V (Verdadeiro) ou F (Falso):

(   ) No futuro, as taxas de emissão de gás carbônico podem atingir picos incontroláveis
(    ) Os efeitos da ação do homem sobre o clima da Terra são pequenos.
(  ) Daqui a 100 anos pouca coisa mudará no nosso planeta, pelo que se observa atualmente.
(   ) Os hábitos de consumo das sociedades afetam o meio ambiente.

6.Dos problemas causados pelo homem ao meio ambiente só não é citado(a) no texto:
a) o aumento da taxa de emissão de gás carbônico.           
 b)a ocorrência de tormentas e furacões.
c) a elevação do nível dos oceanos.         
d)o congelamento das águas dos rios.

7. No último parágrafo o  autor expressa:
a) um alerta para que as pessoas mudem seus hábitos.  
b) uma crítica ao consumo desenfreado.
c) um comentário sobre a situação mundial.
d)um sentimento de revolta contra as atitudes governamentais.

TEXTO 2
(Fonte charge: Internet)

8.Observe a imagem, que elementos você identifica como ação humana no meio ambiente?
9.Sobre o que o pai está falando? Mas quando o filho diz “o clima”, o que realmente ele quer dizer?

10. Relacione o texto O homem faz o clima. E faz mal com essa charge.
Imagem relacionada
(Adaptado do Saresp)

SINAIS DA TERRA

O aquecimento global pode parecer demasiado remoto para nos causar preocupação, ou até mesmo incerto – talvez apenas uma projeção feita pelas mesmas técnicas computacionais que muitas vezes não acertam nem a previsão do tempo da semana que vem. Num dia gelado de inverno, poderíamos achar que alguns graus a mais na temperatura não seria tão mau assim. E os alertas sobre as mudanças climáticas súbitas podem parecer uma tática radical dos ambientalistas para nos obrigar a abandonar nosso carro e o conforto do nosso estilo de vida.
Talvez essas idéias nos consolem. Contudo, a Terra de fato tem notícias perturbadoras para nos dar. Do Alasca aos picos elevados dos Andes, o mundo está se aquecendo – agora mesmo, e depressa. Em termos globais, a temperatura subiu 0,6° C no último século, mas os lugares mais frios e remotos se aqueceram mais. O gelo está derretendo; os rios, secando; e os litorais, sofrendo erosão, ameaçando a vida de muitas comunidades. A flora e a fauna também estão sob pressão. Não se trata de projeções, mas de fatos concretos. (...)
Há séculos derrubamos florestas e queimamos carvão, petróleo e gás, e despejamos na atmosfera dióxido de carbono (gás carbônico) e outros gases que aprisionam o calor mais rápido do que as plantas e os oceanos conseguem absorvê-lo.
(...) Na verdade, o que estamos fazendo é pôr mais cobertores em cima do nosso planeta.

(APPENSELLER, Tim. Sinais da Terra. National Geographic Brasil, setembro de 2004.)

 
Questões 1 a 4 - Assinale  a resposta correta:

1) O texto esclarece que a temperatura subiu 0,6° C:
(A) nos últimos meses. (B) no presente milênio.       (C) no último século.      (D) na última década.

2) O resultado de estarmos “há séculos derrubando florestas e queimando carvão, petróleo e gás” é
(A) a absorção rápida do calor.                                (B) o aquecimento do planeta.
 (C) o congelamento das águas dos rios.                  (D) a diminuição das águas dos oceanos.

3) A questão central (mais importante) tratada no texto é:
A) os efeitos da erosão.                                          (B) as mudanças climáticas
(C) a poluição dos oceanos.                                    (D) a derrubada das florestas.

4) A finalidade desse texto é:
(A) pressionar os políticos.                                      (B) aterrorizar os jovens.
(C) conscientizar as pessoas.                                 (D) criticar os ambientalistas.

5. Cite algumas das causas do aquecimento global:
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

6.  Segundo o texto, a Terra já mostra os efeitos do aumento de temperatura. Dê três  exemplos citados no texto.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Imagem relacionada

Sugestão para relatório de filme


Nome: _________________________________________________Série: _____ Nº____

 

Relatório - Filme

 

Data de exibição: ___/____/2012                           Local: ____________________________

Título do filme:_____________________________________________________________

Ano de realização: ___ /_____ /______

Assunto: ______________________________________

Diretor: _______________________________________

Atores principais:___________________________________________________________

 

Personagens principais: _____________________________________________________

 

Breve síntese da história:
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Momentos do filme considerados mais importantes: ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Momentos que têm mais ligação com a matéria das aulas: ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Opinião pessoal ou de grupo sobre o filme: _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________