quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Foto de Flor exótica.

CORPO

Na doença é que descobrimos que não vivemos sozinhos, mas sim encadeados a um ser de um reino diferente, de que nos separam abismos, que não nos conhece e pelo qual nos é impossível fazer-nos compreender: o nosso corpo.
Qualquer assaltante que encontremos numa estrada, talvez consigamos torná-lo sensível ao seu interesse particular, senão à nossa desgraça. Mas pedir compaixão a nosso corpo é discorrer diante de um polvo, para quem as nossas palavras não podem ter mais sentido que o rumor das águas, e com o qual ficaríamos cheios de horror de ser obrigados a viver. (Proust)
1) Segundo o texto, o nosso corpo:
a) tem plena consciência de viver encadeado a um ser diferente.
b) conhece perfeitamente o outro ser a que está encadeado.
c) é separado de nossa alma por um abismo intransponível.
d) se torna conhecido pouco a pouco.
e) só na doença é que tem sua existência reconhecida.
2) A conjunção mas  (linha 1) opõe basicamente duas palavras do texto, que são:
a) descobrimos / vivemos
b) sozinhos / encadeados
c) vivemos / encadeados
d) doença / reino
e) sozinho / ser
3) “…pelo qual nos é impossível fazer-nos compreender.”; esse segmento do texto quer dizer que:
a) não nos é possível fazer com que nosso corpo nos compreenda.
b) é impossível compreender o nosso corpo.
c) é possível fazer com que alma e corpo se entendam.
d) é impossível ao corpo compreender o ser humano.
e) o corpo humano pode compreender mas não pode ser compreendido.
4) “Qualquer assaltante que encontremos…”; nesse segmento, o uso do subjuntivo mostra uma:
a) certeza
b) comparação
c) possibilidade
d) previsão
e) condição
5) O item abaixo em que o pronome sublinhado tem  seu antecedente corretamente indicado é:
a) “…ao seu interesse particular…”: corpo
b) “…para quem as nossas palavras…”: assaltante
c) “…de que nos separam abismos…”: sozinhos
d) “…e com o qual ficaríamos…”: águas
e) “…talvez consigamos torná-lo…”: assaltante
6) “…senão  à nossa desgraça.”; o vocábulo sublinhado equivale, nesse segmento,
a) ou
b) exceto
c) salvo
d) e não
e) se
7)”…é discorrer diante de um polvo.”; esse segmento do texto representa uma tarefa:
a) trabalhosa
b) inútil
c) frutífera
d) temerosa
e) destemida

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário